Os que estão aí

Primeiro livro de contos do autor, publicado pela Ibis Libris, em 2002. Pode ser adquirido no site da Libre.

TEXTO DA QUARTA CAPA

Marco Lucchesi

Leonardo Vieira de Almeida encontra na prosa poética a sua melhor expressão. Como se houvesse algo de um Dino Campana, nas metáforas itinerantes, na vertigem das comparações, insaciavelmente convocadas para dizer do mundo ao próprio mundo. Uma fanopeia intensa. Imagens que demandam imagens. Uma analogia constante, que explica, em contextos irredutíveis, a permanência de uma escala entre a parte e o todo, o micro e o macrocosmos. Os que estão aí sintetiza esta prosa transversal e fragmentária. Pois que justamente a partir desses dois aspectos, da imagem deslocada e inacabada, se organizou a melhor estética da contemporaneidade. Leonardo Vieira de Almeida também está aí. E não teme o chamado de um novo Orfeu, a demanda inversa de outras liras e esferas, onde repercute a corda de outro mundo. Orfeu, Campana e Leonardo…

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Livros

2 Respostas para “Os que estão aí

  1. Cristiane

    oi. Gostaria de saber o nome completo do ilustrador do livro: Os que estão aí. Eu vi no google e parece o nome de um amigo meu, que é desenhista , o nome dele é Ubaldo Furtado Picanço, ele é de Miracema, Rio de Janeiro, fiquei muito surpresa, pois o nome é parecido. Obrigada!
    Cristiane.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s